Metas

Numa sociedade cada vez mais obstinada com o lucro e com o consumo, somente aqueles que são capazes de produzir são valorizados.

Trata-se de um desafio para a sociedade brasileira que deve ser encarado como uma mudança cultural necessária para a solução deste problema tão crítico e sensível.

Estes são inseridos em um quadro de exclusão que deve ser observado atentamente pelos poderes públicos e sociedade em geral, pois necessitam de reintegração na sociedade.

A corrida para o mercado de trabalho como sugere o neoliberalismo acaba por apontar o que se observa como uma tendência social, a uma sociedade de consumo preocupada pela corrida do ter.

Esta leva por excluir os ditos não produtivos ou com pouca qualificação para o mercado de trabalho.

Neste sentido, esperamos que uma das metas possa ser o de levar para a sociedade uma reflexão que direcione novos mecanismos de inclusão voltados para as pessoas em situação de rua e por consequência a dependência química do álcool e outras drogas.

Outra meta a ser atingida é proporcionar aos internos da instituição uma melhor qualificação para o mercado de trabalho., além de aumentar a autoestima dos que se encontram nesta situação.

Para os que possuem os laços familiares rompidos pela dependência química, tentar promover uma maior aproximação para que a recuperação seja efetiva. A Comunidade Terapêutica Mateus 25:35, atende a homens em sistema fechado por tempo indeterminado, e sua saída depende de uma avaliação técnica e de sua vontade pessoal.

Esperamos também que seus direitos sejam viabilizados de acordo com as necessidades e especificidades de cada caso.

Veja as formas de ajudar a ONG Mateus